sábado, 13 de maio de 2017

Anvisa abre Consulta Pública para que farmácias apliquem vacinas.

As regras para o funcionamento dos serviços de vacinação estão em discussão pela Anvisa. O principal motivo é adequar as normas atuais para que as farmácias também apliquem vacinas com o mesmo controle e segurança que já é adotado nos serviços tradicionais de vacinação. Anvisa abre Consulta Pública sobre requisitos mínimos para serviços de vacinação
A previsão deste tipo de serviço foi criada pela Lei 13.021/2014. Porém, a norma atual não se aplica de forma clara para as farmácias e drogarias. Esses locais não têm um histórico de armazenamento e aplicação, por isso, precisam fazer adequações caso queiram oferecer o serviço.
As vacinas são medicamentos específicos que necessitam de condições especiais de conservação, além da aplicação por um profissional habilitado para este trabalho. As farmácias e drogarias que pretendem fazer vacinação deverão ter uma infraestrutura específica que inclui a sala de imunização com equipamento de refrigeração exclusivo para vacina e recipiente para o descarte de materiais perfurocortantes, entre outros.
Os serviços de vacinação, incluindo as farmácias, também precisam ter um sistema de controle para garantir a conservação desses medicamentos em casos de falta de energia ou necessidade de transporte.
A Secretaria de Colaboradores do CRF-SP (Secol) está recolhendo as sugestões/propostas até o dia 26 de maio, que posteriormente serão encaminhadas à Anvisa. Para participar envie a sua contribuição para o e-mail secol@crfsp.org.br.

Clique aqui e tenha acesso ao formulário obrigatório para contribuição de consulta pública.
Clique aqui e leia a Consulta Pública 328/17 na íntegra.

Assessoria de Comunicação CRF-SP (com informações Anvisa)

fonte: http://portal.crfsp.org.br/index.php/noticias/8545-contribuicoes-ate-26-05.html

O Conselho Regional de Farmácia do Rio de Janeiro, através da sua Comissão Parlamentar, estará reunido no próximo dia 17/05 às 17 horas na sede do CRF-RJ para avaliar e propor um texto que venha a contemplar o interesse da classe e da população, o Presidente da Comissão Dr. José Roberto Lannes Abib, afirma que a contribuições dos colegas podem ser encaminhadas para a comissão parlamentar do CRF-RJ através do e-mail diretoria@informativofarma.com  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dr. José Roberto Lannes Abib é o mais novo imortal da Academia Brasileira de Farmácia Militar

Agradeço a todos que durante todos estes anos estiveram ao meu lado me apoiando e incentivando, meu muito obrigado a todos. Diplomado hoje...